Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desvendando a Bíblia

Desvendando a Bíblia

Mil anos de paz

Na lição anterior aprendemos um pouco sobre a vinda de Jesus. Aprendemos que Jesus virá de forma visível, em glória, acompanhado de milhões de anjos e em corpo.

Também nessa ocasião haverá duas classes de pessoas que podem ser subdivididas em quatro classes. De forma geral haverá os salvos e perdidos. Mas, de formar mais detalhada haverá os salvos mortos e salvos vivos, perdidos mortos, e perdidos vivos.

Também estudamos que os ímpios que estiverem vivos pelo período da vinda de Jesus, serão destruídos pela glória de Deus (II Tessalonicenses 2:8). E eles permanecerão mortos durante mil anos. ”Os restantes dos mortos não reviveram até que se completassem os mil anos. Esta é a primeira ressurreição.” (Apocalipse 20: 5).

Nesta lição se irá estudar o que acontecerá depois da vinda de Cristo. Jesus já terá vindo buscar a sua igreja, os salvos estarão no céu, os ímpios estarão mortos e agora, o que acontecerá em seguida ao grande acontecimento da história chamado de vinda de Jesus?

“E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão. Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos; E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois, importa que seja solto por um pouco de tempo.” (Apocalipse 20:1, 2).

Depois da vinda de Jesus Satanás estará preso por um período de mil anos. E durante esses mil anos, ele não terá como sair desse planeta. E a terra se tornará uma prisão de circunstâncias para o Diabo e seus anjos, pois não terão a quem tentar.

Quanto ao planeta terra, ele estará passando por uma situação bem diferente da que temos presenciado em nossos dias. Jeremias inspirado por Deus afirma: ”Observei a terra, e eis que estava assolada e vazia; e os céus, não tinham a sua luz. Observei os montes, e eis que estavam tremendo; e todos os outeiros estremeciam. Observei e vi que homem nenhum havia e que todas as aves do céu tinham fugido. Vi, também, que a terra fértil era um deserto, e que todas as suas cidades estavam derribadas diante do Senhor, diante do furor da sua ira.” (Jeremias 4:23-26).

A Terra inteira se parecerá com um deserto assolado. As ruínas das cidades e vilas destruídas pelo terremoto, árvores desarraigadas, pedras escabrosas arrojadas pelo mar ou arrancadas da própria Terra, espalham-se pela sua superfície, enquanto vastas cavernas assinalam o lugar em que as montanhas foram separadas da sua base.

            A terra durante esses mil anos se tornará um deserto. E Satanás juntamente com os seus anjos, serão os únicos habitantes deste mundo durante esse período. “Então, vi descer do céu um anjo; tinha na mão a chave do abismo e uma grande corrente. Ele segurou o dragão, a antiga serpente, que é o diabo, Satanás, e o prendeu por mil anos; lançou-o no abismo, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois, importa que seja solto por um pouco de tempo.” (Apocalipse 20:2, 3). Satanás ficará preso por apenas mil anos, e depois será solto, mas por pouco tempo.

“Durante mil anos Satanás vagueará de um lugar para outro na Terra desolada, para contemplar os resultados de sua rebelião contra a lei de Deus. Durante esse este tempo os seus sofrimentos serão intensos. Desde a sua queda, a sua vida de incessante atividade baniu a reflexão; agora, porém, está ele despojado de seu poder e entregue a si mesmo para contemplar a parte que desempenhou desde que a princípio se rebelou contra o governo do Céu, e para aguardar, com temor e tremor, o futuro terrível em que deverá sofrer por todo o mal que praticou, e ser punido pelos pecados que fez com que fossem cometidos.” (O Grande Conflito pág. 575).

Depois dos mil anos, Satanás sairá de sua cadeia de circunstancias, pois terá a quem tentar. Se ele (Satanás) depois dos mil anos terá a quem tentar, é porque depois desses mil anos os ímpios que estiverem mortos, ressuscitarão. “Os outros mortos não reviverão, até que os mil anos se acabem. Esta é a primeira ressurreição. Bem - aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição: sobre este, não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.” (Apocalipse 20:5, 6).

Se existirá a segunda morte é porque existirá a primeira. E se existirá a primeira ressurreição, é porque existirá a segunda. Disse Jesus: ”Não vos maravilheis disto; porque vem à hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz. E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal, para a ressurreição da condenação.” (São João 5:28,29).

Jesus fala de duas ressurreições; a dos justos e a dos ímpios, todavia, elas não acontecerão na mesma ocasião. Haverá uma distanciação de mil anos entre uma e outra. Os que fizeram o bem, ou seja, os que serviram a Deus e morreram antes de Jesus voltar, ressuscitarão por ocasião da volta Dele, enquanto que os que fizeram o mal, ou seja, não serviram a Deus, ressuscitarão depois dos mil anos para receberem a sentença final.

Os que participarem da primeira ressurreição serão bem-aventurados, ou seja felizes, isso nos faz entender que a primeira ressurreição é a dos salvos também chamados de santos, que acontecerá pela vinda de Jesus.”Porque o mesmo Senhor descerá do céu, com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor.” (II Tessalonicenses 4:16, 17).

A segunda ressurreição é a dos ímpios, que acontecerá depois dos mil anos. Será em função dessa ressurreição que Satanás será solto de sua prisão, pois a partir daí ele terá a quem tentar.

Quanto a primeira e a segunda morte, se deve entender que a primeira morte é morte física, que nem sempre os santos estão livres dela. A morte física para ser bem claro, é aquela que acontece como conseqüência da velhice, doenças, acidentes e até mesmo a morte dos ímpios causada pelo resplendor da vinda de Jesus. A segunda morte é a morte eterna. Passarão por ela os que tiverem rejeitado a Cristo, ou seja, os perdidos. Esses passarão pela primeira morte, que é a morte física e depois dos mil anos ressuscitarão e finalmente receberão a condenação eterna, ou seja, a segunda morte.

A primeira morte acontecerá antes dos mil anos, enquanto que a segunda morte acontecerá somente depois que esses mil anos se passarem.

O que acontecerá com Satanás depois dos mil anos? ”E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão, E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gog e Magog, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha.” (Apocalipse 20:7,8). Depois dos mil anos Satanás sairá a enganar os ímpios ressuscitados e os juntará para uma grande batalha contra os santos. Mas esse será o assunto da próxima lição.

            Caro leitor. No estudo desta lição você aprendeu que depois da vinda de Jesus haverá mil anos entre a primeira ressurreição e a segunda. Nessa ocasião os ímpios estarão mortos, os salvos estarão no céu e Satanás preso nesta terra. Onde você pretende passar estes mil anos, no céu reinando com Cristo, ou aqui na terra juntamente com o diabo e seus anjos? Você gostaria de se preparar desde já para estar com Jesus no céu durante estes mil anos?

 

 Referencias

 

WHITE, Hellen Good. O Grande Conflito. CPB, Tatuí, SP, 2010.

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.